30 de junho de 2007

O LAGO


Que em teu coração paire o amor
Em teu peito tranquilidade...
Em tua mente compeensão!
Que em todo o teu sêr...
Exista felicidade
Eu...por aqui ando só,neste labirinto
Mas gostaria de sentir...
Aquilo que já não sinto!
Olho o LAGO enorme
Que está cheio de impurezas
Tmbém meu coração...
Está repleto de tristezas...!
Um nó na garganta...
Uma dor imensa...
Queria sentir
A felicidade intensa...!
Partir novamente
Recomeçar de outra forma...
A vida é ardente ...
Mas nada renova!...
SOL

7 comentários:

efeneto disse...

...pelo que tenho acompanhado a tua poesia voltas-te á melancolia e tristeza... espero que seja só nas palavras...um poema embora triste mas belo e refinado, cada vez mais refinada a tua poesia, parabéns...beijo doce de saudade...

Naeno disse...

Um poema de solidão e falta tua, onde tu mostras todo o teu sofrimento, e mesmo assim torce pelos acerto do teu amado. Que ande com a felicidade qeu perdeste.
Muito belo.

Um beijo
Naeno

Som Do Silêncio disse...

Minha querida Lua Prateada...

Um texto que me fez vêr, sentir aquilo que talvez eu precisa-se...

Um Beijo Silencioso

Estrela do Sul disse...

Palavras lindas, sentimento maravilhoso, mas carregado com tanta tristeza. Como eu compreendo esse estado espírito, querida amiga. Tenta elevar esse astral. Por certo, dias de grande felicidade estarão no teu horizonte.

Beijo amigo

MMR

Moinante disse...

E que a felicidade se multiplique por esse mundo fora ...

Beijos de amizade , resto de bom domingo .

Butterfly disse...

Olá...
Gosto muito dos seus poemas...
Escreve muito bem...
Identifico me muito com eles!
Pode ser que um dia consiga ter tanto talento como você...
Beijinho desta amiga...

Verdinho disse...

Palavras tão lindas, sentimento maravilhoso, mas carregado com tanta tristeza.
Uma poésia realmente linda.
Parabéns!!

Verdinho*