29 de agosto de 2011

QUANDO ESTIVERES TRISTE,,,

Quando estás triste...
Não precisas chorar...
Não penses que por isso
Alguém te vai amar...

Quando estiveres triste...
Não procures ninguém
Pois não vão querer
A tristeza de alguém.

Quando estiveres triste...
Refugia-te em ti
Foi assim....
Que um dia parti...

Quando estiveres triste...
Não esperes a mão amiga
Ela não existe...
Chora apenas tua amarga vida...

Quando estiveres triste lembra...
As pessoas apenas te querem
Quando sorris quando estás bem
De resto...somos filhos de ninguém.

Quando estiveres triste...
não lembres...não recordes
Porque mais vais sofrer
Com a música e seus acordes.

Quando estiveres triste...
lembra que neste mundo
Ou és muito forte
Ou simplesmente vais ao fundo.



SOL


18 comentários:

Aigle Libre / Aguia livre disse...

Gosto muito! E lindo

acácia rubra disse...

Assim é. Quando estamos a estender a mão, quase sempre, os outros têm a deles no bolso.

Beijo

manuel marques disse...

Estou de volta,senti saudades.

Beijo.

elvira carvalho disse...

Ou eu sou uma felizarda, ou não acredito no poema. Quando estou triste sempre tem alguém me dando um abraço, uma palavra ou um sorriso.
Um abraço e um bom dia.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, gostei do poema...Espectacular....
Cumprimentos

São disse...

O poema está bom, mas um bocado pesimista, não?

Um abraço, embora virtual, deixo

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Belo blog de inspiração, bom conhecer, vou seguir.
Obrigado pela visita ao OLHAR D'OURO e pelo comentário.

Sonhadora disse...

Minha querida

Que dizer deste poema, se a poeta já disse tudo, fico sentindo em silêncio cada letra como se fosse minha.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Mário Margaride disse...

Olá querida amiga, como estás?
Já há longo tempo que não vinha a este teu cantinho de rara beleza...

Adorei este lindíssimo poema!

Parabéns!

Convido-te a visitares o meu novo espaço de poesia. "PALAVRAS AO VENTO" http://sopalavraspoeticas.blogspot.com/
espero que gostes.

Beijinhos

Mário

A Palavra Mágica disse...

Sol,

Quando estiveres triste
"Sorri, vai mentindo à tua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz
SMILE!"

Beijos!
Alcides

Vieira Calado disse...

Olá, como está?

Como as coisas vão...

é mesmo preciso ser muito forte!

Bjsss

rui disse...

Olá Lua de Sonho!

Gostei do teu poema...é muito profundo e verdadeiro!

Deixo um abraço

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

O teu espaço continua belo.Adorei os poemas.E este tem muito sentido.Dizem que até os Anjos se afastam quando estamos mal.Continuo a não entender porquê!

Mas tens razão.Quando estamos mal,ninguém nos liga,Nem umapalavra de aconchego chega, por vezes.

Beijinho doce, esperando por ti:)

Linda música

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje passando para oferecer o meu selinho de 2 anos de blogue, feito com o carinho das vossas palavras e com a amizade dos vossos comentários, que me enchem o coração de calor.

Beijinhos
Rosa

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passei por aqui, para te dar um beijo amigo, e desejar-te um bom fim de semana!

Pedrasnuas disse...

Não devia ser assim,jamais,nunca,em tempo algum...se alguma vez foi..não devia ser...Beijo com carinho

Nilson Barcelli disse...

É quase sempre verdade o que dizes neste excelente poema.
Tem um bom fim de semana.
Beijos.

PS: estou zangado com a lua...

Dois Rios disse...

Muito bonito, minha querida, ainda que eu pense que os versos passam uma certa descrença pela vida.

Beijos meus,
Inês