10 de julho de 2017

SURGISTE DO NADA...

Pela noite dentro...surgiste do nada,
Na boca trazias o mais lindo sorriso
Teus olhos cansados...correste até exaustão.
Aproveitaste o maravilhoso luar de uma lua cheia
Quando chegaste te olhei maravilhada
Meu príncipe maravilhoso.
Obrigada pela rosa branca, és um cavalheiro
Vem...
Em teu dorso vou subir e
me levarás até ás mais lindas paisagens
Os dois, jamais seremos prisioneiros de seja o que for
Somos apenas nós..tu e eu...




Cidália = SOL

2 comentários:

UIFPW08 disse...

Lindo post
Besos
Morris

Jaime Portela disse...

Este poema também é muito bom.
Escreve mais vezes...
Beijo, querida amiga Cidália.

PS: reparei que não és minha seguidora... mas eu gostaria que o fosses...