26 de março de 2008

SOU GENTE...

Quando ele ria
E quando ele queria
Quando ele sorria
E quando ele partia...
Eu não sabia
Eu tudo fazia...
Minha vida era vazia
Era tão triste e fria.
Sofrida eu adormecia
Em minha cama me aquecia
E de tanto o querer esquecia
Que eu era gente que existia!...
SOL

58 comentários:

Marta Ribeiro disse...

Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou uma jovem e ficou admirada com a flor.
Logo pensou em Deus. Cortou a flor e a levou para a igreja.
Mas, após uma semana a flor tinha morrido.


Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou um homem, viu a flor, pensou em Deus, agradeceu e a deixou ali;
Não quis cortá-la para não matá-la.
Mas, dias depois, veio uma tempestade e a flor morreu...



Era uma vez uma flor que nasceu no meio das pedras.
Quem sabe como, conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza.
Passou uma criança e achou que aquela flor era parecida com ela: bonita, mas sozinha.
Decidiu voltar todos os dias.
Um dia regou, outro dia trouxe terra, outro dia podou,
Depois fez um canteiro, colocou adubo...
Um mês depois, lá onde tinha só pedras e uma flor, havia um jardim!...



”Assim se cultiva uma amizade...”

multiolhares disse...

Quantas vezes pensamos ter a vida cheia,
E na verdade é vazia de tudo

beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida amiga, adorei o teu poema... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

A.ses.i.oM disse...

Lindas Imagens!...
Belas Palavras!...
Sonho de Blog...

Beijinhos... :)

Angel of Light disse...

"E de tanto o querer esquecia
Que eu era gente que existia!..."

Quantas vezes deixamos de pensar em n�s para olharmos para os outros!? Mas, para "olharmos" para os outros nunca devemos de nos esquecer de olhar primeiro para n�s!

Lindo poema e magn�fica imagem!

Obrigada pela luz que deixaste no meu "reino". Volta sempre querida!

Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz!

Acordomar disse...

lindo existir descrito por ti :)

obrgada pelas tuas palavras carinhosas ;)

Beijinhos*** e tem um b f de semana

SILÊNCIO CULPADO disse...

Lindo. Sentido.


Deixo-te este poema de Eugénio de Andrade para o caso de não o conheceres (duvido).


ADEUS

Já gastámos as palavras pela rua, meu amor,
e o que nos ficou não chega
para afastar o frio de quatro paredes.
Gastámos tudo menos o silêncio.
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas,
gastámos as mãos à força de as apertarmos,
gastámos o relógio e as pedras das esquinas
em esperas inúteis.

Meto as mãos nas algibeiras
e não encontro nada.
Antigamente tinhamos tanto para dar um ao outro!
Era como se todas as coisas fossem minhas:
quanto mais te dava mais tinha para te dar.

Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes!
E eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis.
Mas isso era no tempo dos segredos,
no tempo em que o teu corpo era um aquário,
no tempo em que os meus olhos
eram peixes verdes.
Hoje são apenas os meus olhos.
É pouco, mas é verdade,
uns olhos como todos os outros.

Já gastámos as palavras.
Quando agora digo: meu amor...
Já não se passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas,
tenho a certeza
de que todas as coisas estremeciam
só de murmurar o teu nome
no silêncio do meu coração.

Não temos já nada para dar.
Dentro de ti
não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já te disse: as palavras estão gastas.

Adeus

Nocturno disse...

A saudade gela...

O coração sofre
em silêncio.

Beijo

Borboleta A disse...

Lindas as tuas palavras... trsites mas doces como a tua sensibilidade.

Gerlane disse...

Ah, amiga! Isso, infelizmente, acontece.Às vezes nos entregamos tanto, que esquecemos de nós mesmas. Até nos perdemos de nós mesmas.

Beijos pra ti!

Esconderijo da Bandys disse...

Lindo poema.
Quero agradecer a visita e as palavras tão acolhedoras.
Voltarei sim, assim com espero por voce lá mais vezes.
Beijos no ♥

gaivota disse...

muito bonito, o vazio é lugar sempre certo... há que preenchê-lo!
beijinhos

Pena disse...

Sensacional Amiga:
Claro, que é gente.
Um Ser Humano precioso e lindo.
Magnífica. No que sente e no que as palavras dizem. Expressa ternura e encanto.
Uma poetisa deslumbrante. Linda!!!!!(Desculpe!)
OBRIGADO pela terna visita. OBRIGADO.
Beijinhos amigos de cordialidade.
Com muita estima e respeito

pena

Laura disse...

Olá, entrei pela janelinha d eum anjo d eluz, encontrei-te por lá e resolvi deixar-te um jinho e muito amor...
laura..

Alma Nova disse...

Nos sentimentos profundos é assim que se vive...esquecemo-nos de nós e vivemo-nos no Outro...E não será assim que tudo faz sentido na reciprocidade do querer?

© efeneto disse...

Roubei do corvo a cor
esvoaço sem sentido na noite.
De norte a sul só a escuridão
e um pássaro de asas quebradas
perdido na imensidão.
Aliso as penas de novo
e sonho-me a levitar
por entre nuvens e mares
à procura da ilha prometida.
Enquanto a procuro venho aqui
Desejar um óptimo fim-de-semana
Na companhia de quem mais ama.

Angel of Light disse...

Passei só para te desejar um bom fim-de-semana!

Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz!

Chinha disse...

É sempre muito dolorosa a hora da partida.

Fica uma saudade....Enorme.

Um beijo e bom fim de semana

Suave Toque disse...

*♥* "Ser feliz não é ter uma vida perfeita, ' ' ' ' ' ' ' ' ' ' '♥*♥
♥*♥ Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, ' ' ' ' *♥*
*♥* apesar de todos os desafios e perdas... ' ' ' ' ' ' ' ' '♥*♥
♥*♥ Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas ' ' ' *♥*
*♥* e se tornar autor da própria história... ' ' ' ' ' ' ' ' ' ' ♥*♥
♥*♥ Ser feliz é uma conquista e não obra do acaso..." *♥*
    ☆ *  * ☆
 
"Lute diante das coisas mais difíceis
de tua vida com amor e sabedoria,
para que um dia possas olhar para
trás e dizer...eu consegui..."

Passando para desejar a tí e a todos que ama um feliz final de semana.
Grande beijo de carinho

Elcia Belluci

Amaral disse...

Hoje estou perto da tua Quarteira, dos teus olhos bonitos, do teu sorriso...
Hoje murmurei no silêncio as imagens que partilhas...
Perto do final, vou silenciando o meu espaço, para ficar recordando o que de melhor recebi em troca...
SOL é o quanto se não esquece!
Ainda que a vida tenha sido vazia ou sofrida, algures, em algum tempo, ela sempre recolhe o calor que a faz de novo reviver e recriar...
Quando "ele" partia, algo ficava dependente. Acontece! Muitas vezes! Como se a dependência fosse alimento. Não é! É simples ilusão que faz esquecer que "somos gente"!...
É o que diz o teu poema. É o que saltita dos teus versos...

vagabundo disse...

que nunca mais te esqueças...

Tu és Sol.

obrigado pela visita,

tempoparaamar disse...

Obrigada por seus sentimentos deixados lá no meu canto.Beijos de sentimentos para seu fim de semana.Salomé

Bichinho disse...

Beijo fantasma.

O Profeta disse...

És gente tão grande...


Esta é a alma que voa de um Profeta
Ao encontro do teu sentimento
Este é o sal de alva espuma
Que te ofereço e diadema de espanto…

Olhos de alma, da tua alma
Quero-os no cais da minha chegada
Espero por ti em manto de ternura
No encontro da minha caminhada


Bom fim de semana

Mágico beijo

C Valente disse...

lindo
Sauda�es amigas, bom fim de semana
eu foi para o campo durante uns dias, a casa de um amigo

Mário Margaride disse...

Quantas vezes! Nos esquecemos que existimos, e nos esquecemos de nós! Muitas...!

Belo poema!

Um excelente fim de semana, minha amiga.

Beijinhos...

Mário

Divinius disse...

Gostei muito de ler é lindo o que escreves...doce como tu*
Bjs:)

A.ses.i.oM disse...

Obrigado pelas Palavras!...
Excelente fim de semana pra Ti!...

Um ABRAÇO!!!... :)

JOSÉ FARIA disse...

Olá amiga!
Estes meus versos
"existir somente e nada mais", não passam de um desabafo, porque a vida é muito mais do que isso.
E todas as coisas belas que ela comporta não vem ao nosso encontro, somos nós que temos que as procurar e ganhar.
Mas há muito deste:

EXISTIR SOMENTE E NADA MAIS!

Enquanto o passo é incerto,
Xisto e aço, vida dura,
Importa o rosto que sua,
Sem pensamento liberto.
Tempo longo, sempre perto,
Incómoda sina, leitura,
Resiste à ditadura

Social. Jogo encoberto,
Onde a cruz, sem céu aberto,
Maior dor, a morte dura.
Em vida, sem sol, escura,
Não existe, se perdura.
Tanta hiena, abutre perto
E vampiro em cheia lua.

Envolvem na amargura!

Nem que o osso mal coberto
Ande em chaga, esquelético,
Ditará sempre a luxúria:
Azar, dor e desventura.

Mais não é do que invento,
A amainar o sofrimento.
Insultam humana harmonia,
Sofre quem riqueza cria.


Existir somente e nada mais...!
jOSÉ fARIA

BEIJOS, ABRAÇOS, SAÚDE E BOM FIM DE SEMANA!

Vieira Calado disse...

Uma bela exploração do som ia.
Um abraço

Iana disse...

"Deus é maravilhoso
pois quando criou você
concentrou tantas qualidades
em uma beleza única em ti,
e ainda como presente...
me deu a tua amizade.”

Beijos tenha um fim de semana feliz e seu poema esta muito lindo e sentido

Iana!!!

Menina do Rio disse...

Poema triste...

Mas haverá sempre um eclipse...

Um beijo na tua alma

Sophiamar disse...

Desejo-te um bom fim de semana. Aqui o dia est� soalheiro e o mar � vista.

Beijinhossssss

O Sentir dos sentidos disse...

Bom que tenhas lembrado em tempo...que só mesmo tu sabe teu valor imenso.

Beijo de carinho amiga...

© efeneto disse...

...o que dizer?
nada, apenas aprender
a ler e escrever

Beijo de amizade

Vera disse...

Por vezes esquecemo-nos de nós por causa de alguém, que muitas vezes não nos merece...


Beijinhos

Roberto disse...

Buona domenica e grazie della visita.
baci
Roberto

BANDEIRAS disse...

Boa noite querida amiga Lua de Prata.

Que eu era gente, que eu existia...
Quantas vezes esquecemos esta verdade tão básica.
uma ótima semana
bjs

Carlos disse...

Olá amiga,
Esquecemo-nos de nós,muitas vezes.
Há gente que nada merece...

bj

Um Momento disse...

Na solidão nos abraçamos...
Na saudade nos encontramos...

Beleza de poema...

Beijo com muito carinho!

(*)

Oliver Pickwick disse...

Nunca duvidei disso, Sol! Estes versos refletem que ninguém se anula por amor.
Beijos, prezada amiga!

O Árabe disse...

Não mais o esqueças amiga: és gente. E muito mereces, pela pessoa que és! :)

multiolhares disse...

Quantas vezes somos enredadas pela vida
E nos esquecemos que existimos
beijinhos

Acordomar disse...

Vim até cá para ler novamente
este poema, precisava ...
esta lindo

beijinhos*

Esconderijo da Bandys disse...

Sol,
Obrigada pelo carinho, estou te linkando la. esse seu poema é maravilhoso. Beijinhos no ♥

Pena disse...

Amiga de deslumbre:
"Sentida ou esquecida" será sempre um Ser Humano enorme de pureza e talento. De um Gigantesco pensar de que se gosta. Que cativa.
Como pessoa linda e deslumbrante nunca esqueça a sua imensa doçura e encanto. A sua pessoa.
Parabéns, pelo maravilhoso sentir/Ser.
Adorei a suas palavras, com sinceridade. Excelente e brilhante poema que marca. Atravessa-se em nós. De uma Deusa inconfundível de beleza.
Bj amigos de ternura

pena

Escreve tanto sentimento terno!

su disse...

Há muitas coisas que esquecemos até de nós mesmo por causa de determinadas coisas na nossa vida ou por causa do efeito de alguém também nas nossas vidas. Mas somos muito mais do que ausências e não podemos esquecer isso!

Belo poema. Um beijo aqui da Teia.

Fernando Rozano disse...

texto muito intenso que guarda uma grande verdade:esquecemos de nós mesmos. excelente reflexão. abraços.

Luis F disse...

Querida amiga

Vim retribuir a tua visita ao meu Mar de Sonhos e beber do teu mundo, nesta magia, neste sentimento.

Adorei ler este teu poema.

Parabéns

Bjs

Eärwen Tulcakelumë disse...

Por vezes esse querer nos deixa tontos e nos faz esquecer que é impossível amar alguém quando não cuidamos de nosso amor próprio.
Que tua luz sempre resplandeça como o SOL que trazes no nome.

Pérolas incandescentes de carinho amigo.

Eärwen

Maria Clarinda disse...

Lindo, lindo o teu poema, ficou a acompanhar-me... e a música em meus ouvidos no som do silêncio!

Estou bem, talvez um pouco em stand by, já, já estarei de novo.
Obrigada pelo teu carinho!

Angel of Light disse...

Vim lançar-te luzinhas aqui das nuvens! Boa semana.

Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz!

BANDEIRAS disse...

Oi amiga,

Passando para rever os amigos.
abs

Belisa disse...

Olá

Lindo o seu poema!
Cheio de amor!

Beijinhos estrelados

Um Momento disse...

E porque me apeteceu visitar-te...deixo-te um beijo com o desejo de um dia LINDO!

(*)

Nilson Barcelli disse...

Mesmo numa entrega total, não podemos perder a nossa identidade.
Se nos anularmos em favor do outro, esse facto até pode ser motivo de um certo enfastiamento de quem nos ama.
Cuidado...

Beijinhos.

APO (Bem-Trapilho) disse...

Oi!
um bjo grande para ti!

Mário Margaride disse...

Passo por aqui, para te desejar uma noite tranquila, e dar-te um beijinho.

Bons sonhos...

Mário