17 de abril de 2007

DESEJO...




Perdida no som da vida...
Queria estar erguida!
Não mais estar desiludida
Desta vida tão sofrida...


Gostava de ser sino,
E cantar um hino...
Acordar sorrindo...
Dar amor e carinho!!!


Têr um amor imenso!
Forte e intenso...!
Cheio de bom senso
É assim que eu penso!


Ser um pássaro a voar
O amor agarrar...
O mundo abraçar...
E tudo de mim poder dar!!!



SOL

1 comentário:

...o nétinho... disse...

O nosso espírito é feito de desordem, acrescido de um desejo de ordenar as coisas. Um conselho amigo, beijo....efeneto.