13 de maio de 2007

DANÇANDO!

Dançando a valsa da vida e
olhando para ela lá do alto....
Fiquei triste!...
Pois reparei que nesta selva onde se
vive,onde tudo se vende e tudo
compra,nunca encontrei ninguém
que vendesse um pouco de AMOR
ou um pouco de carinho...!!!

SOL

5 comentários:

manuela disse...

Uma bela imagem de palavras...a vida é mesmo uma valsa...rodopia e muitas vezes não é no bom sentido. O amor e o carinho não se vendem, oferecem-se...estão mais presentes do que possamos imaginar...num sorriso, numa palavra, num gesto...é preciso estar atento.Tudo isto para iluminar o teu sol!

efeneto disse...

Se olhares á tua volta nesta selva aonde vivemos, ainda irás encontrar quem te DÊ muito amor e carinho, até encontrares esse alguém continua a dançar a tua valsa lá no cimo...beijo amigo...efeneto.

lua prateada disse...

Sei!!!AMOR e CARINHO não se vende,mas a cada canto se encontra alguem chorando que não o tem.Depois se dá de coração aberto e ninguem o vê ...AMOR e CARINHO passam o vento os leva e quem chora que não tem nem o viu passar por entre as mãos...!!!E
E sim!!!vou continuar a dançar a minha valsa lá do cimo.Beijinho para os dois amigos muito queridos

Eärwen Tulcakelumë disse...

Ainda bem que não se vende sentimentos que devemos dar gratuitamente minha amiga.

Gostei imenso das palavras e da foto.

Deixo-te pérolas incandescentes de carinho, banhadas no rio de lava que em meu mundo corre.

Eärwen

Anónimo disse...

Amiga, o Amor não se compra.
O Amor bate-nos à porta, e temos que saber aproveitar essa ventura que nos abre o coração, e nos permite perceber o verdadeiro sentido da Vida.
Mário Rodrigues