27 de novembro de 2007

NOSTALGIA

Nostalgia...
Palavra que cai no vàcuo do silêncio da noite...
penetrando nas entranhas , jà disformes da razao de viver.
Nostalgia...
Saida de mim...
Indo ao encontro do nada!...
E, se o nada nao existe....entao eu , jà nao existo...
Nostalgia...
De uma existência sem fio...
Estou apenas passando...
ADEUS...ATé LOGO...
SOL

22 comentários:

MamaNunes disse...

O que será a existencia, o que existe?...
O que vemos no céu?
Há estrelas muitas que há milenios se extiguiram mas sua luz nos alcansa, estamos assistindo.
No vazio existe o espaço.
Que bom que você está passando por aquí.
Que bom que eu passei por aquí.

Beijo.

Olhos de mel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Olhos de mel disse...

Oie linda! Que tristeza é essa, heim? Claro que você existe, sim! E é essa pessoinha maravilhosa que conheci, ainda que através do blog. Todos nós passamos pela vida, mas cada um, deixa muito de si e leva um pouco de nós. Assim como você tem deixado uma bela parte de si nesse espaço, onde seus amigos vêm porque gostam de você e porque você é importante para todos que aqui vêm.
Tenho passado muitas coisas e aprendido muito com as próprias experiências. Aprendi a ressurgir das cinzas a cada pequena morte. E principalmente, que sempre que olho para trás, percebo que existem milhares de pessoas em piores situações que eu. Assim, até agradeço a Deus o que passo.
Nada passamos que não tenhamos, um dia, feito por merecer. Mas não nos cabe desesperar, porque faz parte do nosso crescimento espiritual.
Sol deixa que seu brilho seja intenso e assim, ilumine seus caminhos. Olha pra dentro e perceba a pessoa maravilhosa que é, e quanto tem a dar.
Desculpe minha amiga! Mas me dói perceber a tristeza na alma das pessoas que gosto.
Inegavelmente seu post está lindo! A imagem perfeita! Porém, nostálgico e preocupante.
Fique com Deus, linda e cuide-se!
Beijos

GarçaReal disse...

Nostalgia...Como me é familiar, e como cohabito com ela.
Viver e estar morta.Contradições reais.
Sinto-me bem aqui.
Sinto o que sentes

Este texto tem muito a ver comigo.
Gostei.

beijinho de carinho

efeneto disse...

!!???...nã, nã...arriba miuda. Beijito miga.

Sol da meia noite disse...

Palavras e imagem em sintonia perfeita.

Assim são os momentos de nostalgia... tudo distorcem. Ou será a vida algo distorcido?... A própria existência, o nada no nada...

*

Palavras ao vento disse...

Claro que EXISTES!!

Momentos de nostalgia todos temos... e o desânimo entra... mas sai pela frestas da janela....

Upa..Upa... minha poetisa!

Beijinhos.

GarçaReal disse...

Do meu coração deixo um aconchego para ti...

Beijinho terno

manuela disse...

Nostalgia melancólica...o nada existe....mas só às vezes...que belos versos, amiga...

Um Momento disse...

Hum....
Nostalgia...
Sentimento...
Mas sabes...
São momentos...
E o nada ... será nada mesmo?
Ora vê bem minha linda...
No teu coração ...
Adeus não te digo... até já sim...
Abraço-te com carinho e sopro um terno beijo... ao teu coração
(*)
Mi*

Fallen Angel disse...

Todos nós estamos apenas passando, cara amiga.. todos, sem excepção.

E também eu sou um nostálgico.. mas continuo a olhar para a frente.

Beijos.

Olhos de mel disse...

Oie minha amiga linda! Como você está? Deixa esse seu sol maravilhoso iluminar seus caminhos!... Que deus a faça super feliz!
Beijos

Oliver Pickwick disse...

O seu conceito de nostalgia nesse texto é escrito de modo tão belo, Sol, que parece transmutar este sentimento para outro, mais leve, harmônico. Coisas de poeta!
É sempre um prazer ficar exposto aos seus raios prateados.
Um beijo, e o melhor fim de semana!

Sunshine disse...

Lua Prateada!! ... Deixa teus raios iluminar a vida ...e ofuscar a nostalgia...

Vim deixar-te um beijo de fim de semana (e... desta fez fiz algum barulho, para que acordes e brilhes)

efeneto disse...

Ontem, ao fim da tarde
O amor é uma ave irrequieta
que tenho na garganta.
É voo de cegonhas
ou de milhafres.
Asas secretas e breves
Umas nítidas e sem tempo outras não.
Assim sobrevoo os flancos da madrugada
me dispo dentro das palavras
plano num campo de estevas
e abraço o cheiro da maresia.
Como ontem,
deixo aqui uma cascata de palavras
para lhe desejar um bom fim-de-semana.

GarçaReal disse...

Junto a minha à tua nostalgia...

Indo ao encontro do nada

bjgrande de carinho

Olhos de mel disse...

Oie Sol! Onde anda esse brilho para iluminar tua estrada? Deixa-o ficar intenso!
Bom domingo! Boa semana! Fique com Deus!
Beijos

Luadosul disse...

Olá Sol!
Sólo en el contraste se pueden apreciar las cosas, felices entonces de quienes hemos tenido momentos sublimes! Eso indica que hemos estado en lo alto alguna vez!
Muito lindo o que me encontrei aquí!
Beijinhosssssss

Luna disse...

A nostalgia é um sentimento tramado...
tanto nos pode deixar alegres como tristes...
tantos nos pode dar vontade de chorar de alegria como rir de tolice...
as vezes sabe tao bem...
beijooo

Oliver Pickwick disse...

Ei Sol, nada de novo pra ler! Pelo visto anda ocupada com os preparativos do Natal que se aproxima.
Aproveitei pra ouvir a música e reler alguns poemas.
Um beijo, e tenha a melhor das semanas!

O Profeta disse...

Nostalgia, ou apenas a alma de uma criatura maravilhosa na procura do seu rumo?!


Doce beijo

Luna Tic disse...

Belíssimas palavras, belíssimo blog!


Saudalunações