28 de dezembro de 2007

ROLANDO...

Do mais alto pico da montanha...
Te vejo, sem te ver...
Alem...lá longe...tu estás!...
Estás...simplesmente algures, onde não estou...
Onde não posso estar
Estou no pico das montanhas...
Pela neve faço meu corpo rolar, desfeito pelo cansaço!
Mas vou rolando,
até lá abaixo chegar e, aí perante algum tronco...ou
rochedo...ele há-de parar.
Será que restará de mim alguma coisa?
Ou restarão apenas minhas vestes...
rasgadas pelas descidas da vida?....
SOL

5 comentários:

Rosa Maria disse...

Gostei muito que me tivesse visitado.

Adorei este seu blog.

Feliz 2008.

Beijinhos

Fragmentos Intemporais disse...

Boa noite...entrei aqui e senti-me bem! Cantinho acolhedor...
Obrigada pela sua visita, para si desejo também um ano repleto de concretizações e alegrias.

Um fragmento...um cumprimento...um beijo de boa noitinha.

Silvia disse...

Que liiiindo este poema, puxa, gostei pra valer!
vim te desejar FELIZ ANO NOVO! e me deparo com este poema, ai, ai.
tudo de bom neste novo ano que se aproxima, e vamos nestas descidas da vida, obrigado por sua aproximação e atenção.
bjs.

Ardeth disse...

TEMPO. . .
Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano
se cansar e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez
com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente...

...Para você,
Desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.

Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano,
Desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
Que sua família esteja mais unida,
Que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas.
Mas nada seria suficiente...

Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto,
ao rumo da sua FELICIDADE!!!


(Carlos Drummond de Andrade)

Que tenhamos todos um Feliz Novo Pensar, capaz de modificar nosso dia-a-dia, transformar o velho homem nos fazendo mais despertos para uma nova consciência!

Abçs Fraternais....

Carlos disse...

olá

gostei,

nem que reste só a esperança, a vida tem sempre um sentido...
Vive intensamente...
obrigado por mais uma vez teres passado no meu canto.

Desejo-te um óptimo 2008

bj