11 de julho de 2009

CHOREI....

Hoje estás só e triste
Sem rumo na vida...
Relembro quando pediste
Para ser a tua querida...


Minha resposta foi sim
Não podia ser amarga
Pois era apenas a ti
Quem eu mais amava.


Anos depois....
Relembrando o passado
Ainda fico triste
Por tanto ter chorado.


Chorei por amor...
Chorei por paixão
Chorei porque...
Eras o amor de meu coração.
SOL

33 comentários:

Menina do Rio disse...

Quem não chora por amor não ama, pois só quem ama é capaz de derramar suas lágrimas, seja de dor ou emoção.
Um texto muito sensivel, Sol
Lindo!

Te deixo um beijinho

Lilá(s) disse...

Linda a tua poesia!
Bjs

Marta Vasil disse...

Triste este poema que fala de um passado marcado pelo amor e pelas lágrimas.

Beijinho e bom fim de semana

Nanda Assis disse...

que bonitinho poema.

bjosss...

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Se cada dia cai, dentro de cada noite,
há um poço
onde a claridade está presa.
há que sentar-se na beira
do poço da sombra
e pescar luz caída
com paciência.

Pablo Neruda

Desejo um belo domingo e uma linda semana.
Abraços

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sol


O amor magoa, deixa saudade e das lágrimas se faz eternidade.
Lindo o teu poema.


Abraço

Whispers disse...

Olá Sol!

Das lágrimas se borda o amor
Não existe amor sem chuva de emoção

Mesmo que seja lágrimas de alegria,mas quem ama sabe bem o sabor da lágrima salgada,caída dos olhos e adormecida no coração

Bonito como sempre,pode ser meio triste teu poema,mas São pedaços da tua emoção

Beijinhos mil
Rachel

O Árabe disse...

Sentimentos... razões para chorar ou sorrir. Mas, principalmente, razões para viver. :) Boa semana, amiga!

A Palavra Mágica disse...

Sol,

Seu poema reflete o que é um sentimento de amor sem meios termos. Ou se é feliz, ou se sofre,

Beijos!
Alcides

elvira carvalho disse...

Há dias escrevi num conto sobre a personagem. "Esperança chorou. Com intensidade como só sabem chorar as mulheres que amam de verdade"
Por isso quem ama sempre chora. Às vezes de raiva, às vezes de tristeza, e até de felicidade.
Um abraço

gaivota disse...

e com lágrimas também se fazem coisas lindassssssssss
beijinhos

Meg disse...

E de muitas lágrimas também, se faz um grande amor... mesmo perdido no tempo.

Um beijo

CarlaSofia disse...

Nem sempre ficamos com quem sonhámos. Por vezes a distância é o melhor para ambos.
um beijo

sonho disse...

Não se esquece um grande amor...fica sempre gravado na nossa memoria...feito tatuagem...e só não chora quem nunca amou de verdade...
Gostei de passar por aqui...
Beijo de um anjo

Bandys disse...

Ola Sol,
Embora triste, esta lindo!

"Não caminhe atrás de mim; eu posso não liderar.
Não caminhe na minha frente; eu posso não seguir.
Simplesmente caminhe a meu lado e seja meu amigo."
-- Albert Camus--

Beijos

Daniel Costa disse...

Lua Prateada

Fizeste bem aparecer, fico felis de ter amigos no Sonico, que estão comigo noutros fóruns. Como adoro escrever, tenho sete blogs activos. Engraçado que muitos que te visitaram, não contando que colaboro bo Blog Poesia em Português, da GALERIA RENATA MARIA PAREIRA CORDEIRO, de São Paulo.
Gostei do teu poema e gostaria, que nos encontrassemos mais vezes.
Daniel

Whispers disse...

Passando para deixar mil beijinhos
E desejos que tua semana esteja a ser de sonho
Rachel

maresia_mar disse...

Olá

«Desperta, lava de luz o teu rosto.
Canta baixinho uma canção,
que afaste a tristeza e o medo.»

Beijos

Amaral disse...

As páginas da vida são escritas com todos estes contrastes, a preto, a branco e a cores, mas sempre deixando as marcas que levam ao conhecimento e à evolução.
Porque estamos tristes, não deixamos de amar... porque estamos sós não deixamos de lembrar quem esteve presente nesse amor...

mundo azul disse...

___________________________________


Está triste o seu poema, amiga...Mas, é bonito!


Beijos de luz e o meu carinho!!!


___________________________________

mundo azul disse...

___________________________________


Está triste o seu poema, amiga...Mas, é bonito!


Beijos de luz e o meu carinho!!!


___________________________________

O Árabe disse...

Bom resto de semana, amiga! :)

Multiolhares disse...

os amores desencontrados fazem chorar o coração
beijinhos

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

O amor dói...

Beijos e borboleteios

Chris disse...

Depois da dor, entendemos que existiu um sentido para ela.
bjs
Chris

Whispers disse...

Ola lindo Sol!

Passando pra te desejar um feliz fim de semana.
Beijinhos mil em teu coracao de sol!
Rachel

O Profeta disse...

O desejo mora no limite da razão
Há tanto de intemporal em ti
Solta a palavra em lábios inquietos
As cores do teu “eu” penso que não vi

Imaginei-as mil vezes
Ouro de lei, a limpidez dos diamantes
O pensamento é cavalo errante
Feito na viagem de breves instantes


Boa semana



Doce beijo

O Profeta disse...

O desejo mora no limite da razão
Há tanto de intemporal em ti
Solta a palavra em lábios inquietos
As cores do teu “eu” penso que não vi

Imaginei-as mil vezes
Ouro de lei, a limpidez dos diamantes
O pensamento é cavalo errante
Feito na viagem de breves instantes


Boa semana



Doce beijo

segredo disse...

O Amor é um eterno dilema...faz nos tanto bem e por vezes tanto mal...
Beijinho de lua*.*

Dois Rios disse...

Sol,

Infelizmente não há amor sem lágrimas.

Gostei do poema!

Beijo,
Inês

Whispers disse...

Saudades de te ler....passando pra te desejar boa semana!
Mil beijos
Rachel

Sunshine disse...

O verbo amr é sempre bonito, mesmo quando conjugado no passado... nem todos têm a sorte de amar e serem amados.
beijinhos com raios de sol

Sidney Ramos disse...

Fiquei muito feliz com suas palavras e de receber sua nobre visita.
Agora venho sempre aqui beber com os olhos e respirar o ar tranqüilo das suas belas passagens e poesias.
Muito obrigado, volto sempre.