8 de outubro de 2009

NÃO SEI QUEM ERA.....

Não sei quem era, onde fui , nem onde vou...
Não sei se era vida, amor, agonia...
Não sei se eras tu, nem quem eras...
Não sei sequer, se era a mim que querias...
Não sei se eram apenas saudades meras...
Não sei, nunca soube, que te ias!..



SOL


26 comentários:

Angel disse...

Olá...existem dias que nada se sabe...mas eu sei que gosto de aqui passar e gostei muito das fotos adoro arvores...deixo beijinhos cheios de Sonhos..=)

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nilson Barcelli disse...

A não saber tantas coisas, só pode acontecer a partida. Porque, quem parte, nem sabe o que deixa...
Belas palavras, querida amiga.
Beijos.

A Palavra Mágica disse...

Sol,

É sem saber que se aprende a viver.

Beijos!
Alcides

Moonlight disse...

Sol

Por vezes é não sabendo nada e acabamos por saber tudo!
É preferivél por certas vezes ficarmos sem saber....do que conhecermos a dor de termos sabido o que não queriamos saber.Talvez assim seja....

Bjinho cheio de luar

GarçaReal disse...

Um caminho sem sentido e por vezes sem rumo....

Nem sempre sabemos quem somos.

Bonito , mas triste

Bom resto de semana

bjgrande do Lago

Pena disse...

Preciosa Poetiza Doce:
Sonha. E, isso, faz bem, à harmonia do carácter, à singeleza de viajar pela plenitude do encanto.
Uma musicalidade poética preciosa, talentosa e perfeita.
Uma beleza poética com soberba delicia numa pureza muito sensível à ternura do Ser/Sentir e Estar.
Adorei, como SEMPRE.
Um bem-haja, do tamanho do mundo.
Beijinhos puros de uma amizade sincera.
Sempre a respeitá-la imenso e ao que faz de forma doce. Linda.
Sempre a adorar os seus versos talentosos e geniais

pena


É perfeita, amiga!
Bem-Haja!

Amaral disse...

Curto e forte poema, Lua!
Já não te "via" há algum tempo, e é sempre com prazer que te visito e releio.
Por todos os caminhos encontramos quem esperamos, quem desejamos e quem duvidamos encontrar...
Não sei se foi o teu caso... mas será certamente o de muita gente...

Vieira Calado disse...

Olá, caríssima!

Pois sabe que, desta vez, o meu livro será posteriormente apresentado em Faro?

É na livraria do Pátio das Letras, no dia 8 de Novembro (domingo),
às 5 da tarde.

Também será inaugurada uma exposição da minha poesia experimental.

E como não é longe donde mora...

Beijinho

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava...


eu tenho também muitos "não sei"


beijocas

Bandys disse...

Lua,

Forte, sensivel!

So sei que nada sei..

Lua querida,
obrigada por todo seu carinho e deixo aqui também meu carinho por voce.

laura disse...

Olá lua prateada, há quanto tempo...Encontrei-te por ai no blogue do Nilson e vai dai..beijinhos e haja alegria..laura

Cöllybry disse...

E é bom não saber, o passado poderia ser pior que o presente, minha querida, que esse sentir seja passagueiro...

Tudo bem?

Terno beijo

OlharIndiscreto...A curiosidade

Luis F disse...

Regressando ao teu mundo para dizer que é um prazer ler o que por aqui deixas...

Agradeço os teus comentários no meu Mar e aproveito para dizer-te que existem livrarias no algarve com o meu 3º Livro, clica na capa do mesmo no meu blog e ficas a saber quais.

Quem sabe se arranjo um espaço por ai e faço de igual modo uma apresentação do Momentos.

Obrigado

Beijinhos
Luis

Mário Margaride disse...

Querida amiga

A vida é feita de muitos "não sei".

Vão acontecendo, sem que nós possamos saber, que acontecem...

Beijinhos, e um excelente fim de semana!

Mário

UIFPW08 disse...

Forse non saranno le parole.. ma un raggio di sole..

Rafeiro Perfumado disse...

Não sabes uma data de coisas, quem te manda baldares-te à escola?

Beijoca!

Maria disse...

Talvez nunca se tenha ido...
Belo poema!

Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
não sei quem era,
mas sei que gostei . . .
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

Multiolhares disse...

nada sabemos por vezes quando algo acontece descobrimos, e há descobertas de fazem doer
beijinhos

Menina do Rio disse...

As vezes a vida nos pega desprevenidas, embora nem sempre...

Beijos, querida

Pena disse...

Maravilhosa e Linda Amiga Poetiza de sonho:
Escreveu um poema delicioso de pureza de forma admirável. Brilhante e com doçura.
Com uma sensibilidade maravilhosa e terna.
É adorável. Extraordinária. Sensível.


É linda...
Com respeito e estima sinceras.
Sempre a admirar o que faz com brilhantismo pleno
Beijinhos mil.

pena

Bem-Haja, pela sua doce amizade para comigo e para com todos.
Fabulosa.

Carla disse...

Às vezes não sabendo nos reencontramos um pouco
beijos, boa semana e desculpa a ausência

sonho disse...

Quando estamos tristes...parece que tudo deixa de fazer sentido...mas é pura ilusão do nosso coração...
Beijo de um anjo

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passo por este teu cantinho, para te desejar uma excelente semana, com tudo de bom.

Beijinhos

Mário

O Árabe disse...

Bonito, amiga, embora triste. Palavras e imagem que se complementam. Boa semana, fica bem!