25 de outubro de 2009

VIVER UM GRANDE AMOR...


Na solidão do meu coração deserto...
Pela minha face, rolam lágrimas de dor
Quero viver um amor que perdure na rocha da vida
Quero sentir o vibrar do céu
Sentir que os rios correm para o mar
E o sol depois do céu limpo continua a brilhar
Quando olho a lua chegam raios de vida...
Meu coração ferve de alegria...
Quero viver mas amar
Quero viver para dedicar-me a alguém...
Fazê-la feliz e... ser retribuída...
Viver simplesmente
Um grande amor.
SOL

22 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
Lindo poema, Sol
,
deixa-me solidão
quero viver a vida
em lágrimas de alegria
saudar o sol
no anilado céu
e cantar o meu grande amor,
,
luzentes conchinha deixo,
,
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Por certo minha amiga este amor há de chegar. E que preencha teu coração, tua alma. Belo!
Pérolas de luz aqui deixo.
Eärwen

A Palavra Mágica disse...

Sol,

"Tudo há seu tempo."

"Love comes to everyone"

Um beijo!
Alcides

Bandys disse...

Sol,
Que declaração linda de amor!

Não apresses tua alegria, ela tem seu tempo para aprender com a tua tristeza;

Não apresses teu silêncio, ele tem seu tempo de paz após o barulho cessar;

Não apresses teu amor ele tem seu tempo de semear mesmo nos solos mais áridos do teu coração;
****************************************
Que seu amor chegue no tempo certo

Beijos e uma semana de muita luz!

Goldfinger disse...

Olá Sol

Cá venho de visita ao seu blogue e dou logo com este poema de alguém que diz ter o coração deserto. Terá?
Quem o tem deserto não quer amar. Se quer amar é porque o tem cheio de... amor...
Não pressione esse amor porque ele virá estou certo. Provavelmente quando menos esperar.
Esse grande amor irá aparecer, simplesmente não tem data nem hora marcada. Aparecerá sómente e será vivido intensamente.
Uma boa semana.

António Inglês

Mário Margaride disse...

Lindíssimo poema, minha amiga.

Todos ansiamos viver um grande amor...

Uma excelente semana, com tudo de bom.

Beijinhos

Mário

Branca disse...

Lindo Poema! Amar e ser amada é o que todas queremos...sempre!

Boa semana pra vc!

EDUARDO POISL disse...

Bom dia, passa no UMA ILHA PARA AMAR que tem uma surpresa para você, espero que goste.

Lilá(s) disse...

É o ideal amar e ser amado...
BJs

Menina do Rio disse...

Na solidão dos sentimentos, existe sempre uma esperança...

Um beijo pra ti, de coração

Ana Oliveira disse...

Ólá

Venho agradecer a tua visita ao meu blog e o simpático comentário.
Demorei por falta de tempo mas mereceu a pena conhecer este teu espaço.

Um beijo

Ana

Lena disse...

Esse grande amor
chegara um dia
quando menos o esperares
ele batera a tua porta
e o reconheceras
então teu sol
se iluminera
e teu coração
ele aquecera

Beijinhos

CarlaSofia disse...

Se esse amor ainda não chegou, deixa o tempo correr. Tudo acontecerá no tempo certo, ainda que nós não nos apercebamos disso. E se o teu desejo é esse, acabará por acontecer um dia.
beijinhos*

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi sol.

Lindo poema. Afinal quem não quer viver um grande amor? :-)

***********



Tem um mimo especial de HALLOWEEN para você.






TENHA UM ARREPIANTE DIA DAS BRUXAS!






♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥




http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

Luis F disse...

Quem não gosta de viver um grande amor...

Parabens amiga, pela forma mágica com que dás cor a este sentimento.

Que o teu coração brilhe sempre

Com amizade
Luis

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passo por aqui, para te desejar um excelente fim de semana com tudo de bom.

Beijinhos

Mário

sonho disse...

Que esse amor chegue bem rápido:)
Beijo de um anjo

Dri disse...

Olá querida Lua!
Amei esse poema, simplesmente apaixonante.
E
"Quero viver mas amar
Quero viver para dedicar-me a alguém...
Fazê-la feliz e...ser retribuída..."
É exatamente o que penso,
o grande amor deve ser vivido de forma equilibrada, amar e ser amado.
Bjs e uma ótima semana
Dri (www.espacovidaequilibrio.blogspot.com)

O Profeta disse...

Frias pedras, negro basalto
Sentinelas do receio à tempestade
Testemunhas da viajem do tempo
Cobertas de sal, guardiãs da verdade

Mas, não há duas reais verdades
Não há rios que correm para o alto
Não há amor num coração que mente
Não há ternura sem viver o momento


Vem viver a minha cidade inventada


Doce beijo

Laura disse...

Olá nina, parece-me que estamos as duas à espera do mesmo autocarro, pois, também querro boleia para o mesmo lado, ehhhhhh, Beijinhos e que consigas alcançar e realizar o sonho desejado, porque a vida é assim, para viver em amor, paz, harmonia..laura

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passo pelo teu cantinho carinhoso, para te desejar uma boa quinta feira, e um resto de semana com tudo de bom.

Beijo grande, com muito carinho.

Mário

Vieira Calado disse...

E, amiga!

Tem todo o direito de ser feliz!

Um beijinho