11 de agosto de 2015

NAS CAMPINAS DE MINHA VIDA...

 
Um dia nas campinas de minha vida...
...tive um sonho...
Sonhei encontrar o amor e, amar com fervor.
Anciosa, por ti sempre esperei...
...um dia te vi mas...
não te reconheci...
Pensei seres tu o meu sonho tão sonhado...
Mas...tal como apareceste assim te foste...para o teu lugar voltaste...
Foste apenas mera aparência do meu sonho tão sonhado...
Hoje eu amo...amo...
As flores os campos, o mar e o Oceano
Amo os malmequeres, as papoilas e...
...assim nas campinas de minha vida eu vou amando...

Cidália Sousa

1 comentário:

Jaime Portela disse...

Um magnífico poema.
Gostei imenso das suas palavras.
Célia, saudações poéticas e boa semana.
Abraço.