7 de outubro de 2017

TEUS OLHOS VERDES...



Teus olhos verdes...
banhados de um verde mar profundo...
...olho dentro deles e vejo o esplendor maravilhoso
de um Oceano onde me perco...
Teu cabelo emaranhado com minhas mãos...
Nós dois...um quarto...uma cama...
...poderia ser : nós dois o mar as dunas...
também poderia ser: o por do sol no cimo de uma montanha...
Poderia ser tudo isso porque éramos nós dois...
...depois pela noite fora ou dia adentro 
nos perdia-mos e nos reencontrávamos
...éramos tu e eu a sós com nós mesmos...

Cidália = SOL

6 comentários:

UIFPW08 disse...

Lindo poema Lua. Parabens Besos
Morris

luar perdido disse...

Há quanto tempo, na verdade!!
Muito bem vinda Cidália. Eu aterro num poema lindíssimo de amor. Onde o "tu e o eu" se fundem num só; como todo o grande amor deve ser. Único e imenso.

Adorei.

Beijos em raios de luar

saudade disse...

Quando o eu e tu sao um só. Nada melhor....
Gostei do que li.
Beijo de...
Saudade

Evanir disse...

Ás vezes, apenas precisamos ter calma e paciência.
Apenas por me chamar, por me dar um abraço quando me vê,
sorrir pra mim, são coisas pequenas...
Mas são as que realmente marcam..
Desejo de todo meu coração
um abençoado Domingo.
Uma semana de vitorias
Beijos no coração.
Evanir..

Maria Rodrigues disse...

Apaixonado e belo poema.
Adorei conhecer o seu blogue, obrigado por tão belas poesias.
Irei começar a divagar por esta tão bela "Lua de sonho".
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Jaime Portela disse...

Gostei muito do teu poema, é magnífico.
Escreves pouco, mas bem...
Bom fim de semana, amiga Cidália.
Beijo.